100%

Sessão da Câmara Municipal de Urussanga - 15 de maio de 2018 - Notas do Plenário:

Marcos Roberto Silveira (PT) explicou que, por meio de Requerimento, foi solicitada a presença no Legislativo do Deputado Federal Ronaldo Benedet, membro titular da Comissão de Minas e Energia da Câmara Federal, para falar sobre os métodos que devem ser adotados em Urussanga para a diminuição do preço da energia elétrica. O Vereador alertou o Poder Executivo, com base no artigo 87 da Lei Orgânica do Município, que os projetos para extração de argila, carvão ou outros minerais, tem que ser liberados exclusivamente pela Câmara Municipal, através de aprovação de Projeto de Lei, garantindo assim que os impostos arrecadados voltem ao Município.

Braz Cizeski (PDT) registrou que a 1ª Conferência de Políticas Públicas dos Direitos dos Animais, realizada em Urussanga, transcorreu em clima de harmonia com a participação de representantes de toda a região. O Vereador informou que a carta de deliberações com todas as propostas apresentadas pelos participantes será divulgada nos próximos dias. Braz destacou, ainda, que a Conferência foi realizada sem recursos públicos e com a colaboração de pessoas e empresas simpatizantes da causa.

Elson Roberto Ramos (MDB) garantiu a participação dos Vereadores do MDB na Audiência Pública da próxima sexta-feira (18), na Comunidade de Azambuja, para tratar do projeto de pavimentação da Rota dos Imigrantes, que liga Pedras Grandes a Urussanga. Elson criticou a demora na troca de lâmpadas queimadas da iluminação pública no trajeto da Rodovia Genésio Mazon, no Bairro De Villa. O Vereador informou que o setor de saúde teve gastos desnecessários com passagens aéreas de Florianópolis para curso em Chapecó, além de combustível e veículo da Prefeitura para deslocamento até a Capital. Para o Vereador, seria mais barato para a Prefeitura se o deslocamento fosse feito de Urussanga até o destino em Chapecó com o carro da Secretaria de Saúde, economizando recursos para investimentos em exames laboratoriais.

Vanderlei Marcírio (MDB) destacou a grande participação popular na Conferência de Políticas Públicas dos Direitos dos Animais e afirmou que o propósito de provocar discussões sobre o tema na sociedade foi atingido. Marcírio lamentou, ainda, que o Projeto de sua autoria “Infância sem Pornografia” vem sofrendo resistência de setores da Educação, que acreditam que a Lei visa a intimidar e atrapalhar as suas atividades profissionais nas escolas. De acordo com o Vereador, a sua proposta tem o objetivo de blindar as crianças de muitos materiais pornográficos que estão chegando aos locais de ensino. O Vereador afirmou, ainda, que tem suas convicções e trabalha pelos valores da família e das crianças e que vai continuar as discussões com a sociedade para que o Projeto seja aprovado.

Gilson Casagrande (PP) comprometeu-se a trabalhar com os demais Vereadores para que o projeto de pavimentação da Rota dos Imigrantes, entre Pedras Grandes e Urussanga, transforme-se em bandeira de luta do Legislativo Urussanguense, como acontece com a Rodovia dos Mineiros do Bairro Santana. Gilson informou que utiliza o próprio carro para vistoriar as lâmpadas de iluminação pública queimadas e que informa a Secretaria de Obras para que efetue as trocas.

José Carlos José (PP) anunciou Emenda Parlamentar no valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais), do Deputado Federal Esperidião Amin, para o Hospital Nossa Senhora da Conceição de Urussanga. O Vereador informou que o Presidente do Conselho de Consumidores de Energia Elétrica de Urussanga, Antônio Roberto Dutra, vem dando apoio às tratativas com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) em Brasília, para buscar uma alternativa aos altos custos da energia fornecida no Município. Para o Vereador, a forma mais rápida de diminuição do preço em Urussanga seria a compra de energia através de leilão e isso resultaria na diminuição do custo entre 20% e 50% ao consumidor.

Jair Nandi (PSD) registrou as péssimas condições da Rua que dá acesso à creche do Bairro Santana e solicitou a manutenção urgente do local. Nandi cobrou também do Líder de Governo que os funcionários públicos cumpram rigorosamente os seus horários de trabalho para não prejudicarem o atendimento à população. O Vereador lembrou que no próximo mês o Plano Diretor completa 10 anos e a Lei permite o início das discussões para a revisão. Para o Vereador, o processo de revisão do Plano Diretor é longo e devem ser iniciadas as discussões com a sociedade e entidades empresariais e públicas para que as alterações contemplem o desenvolvimento social, cultural e econômico do Município.
Protocolos desta Publicação:Criado em: 16/05/2018 - 14:01:08 por: Wilson Adriani Joaquim - Alterado em: 16/05/2018 - 15:00:41 por: Larissa Xavier Teixeira

Notícias

Terceiro Termo Aditivo ao Contrato nº 10/2015
Terceiro Termo Aditivo ao Contrato nº 10/2015

Terceiro Termo Aditivo ao Contrato nº 10/2015
Data da Assinatura: 15/12/2018
Contratante: Câmara Municipal de Urussanga
Contratada: Vigilância Triângulo Ltda
CNPJ da Contratada: 79.894.168/0001-48
Base Legal: Art. 24, inciso II, da Lei Federal nº 8.666/1993
Objeto: Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de segurança patrimonial privada, por meio de monitoramento à distância de alarme microprocessado
Valor Global: R$3.125,09 (três mil, cento e vinte cinco reais e nove centavos)
Término do Contrato: 14/12/2019
Dotação Orçamentária: Despesa 2.001/ Elemento 3.3.90.39.77.00.00.00