100%

Sessão da Câmara Municipal de Urussanga – 05 de dezembro de 2017- Notas do Plenário:

Sessão da Câmara Municipal de Urussanga – 05 de dezembro de 2017- Notas do Plenário: Sessão 05-12-2017
QUADRAGÉSIMA TERCEIRA REUNIÃO ORDINÁRIA, REALIZADA NO DIA 5 DE DEZEMBRO DE 2017.

João Batista Bom (PDT) criticou as agências bancárias do município por não abastecerem de forma satisfatória os caixas eletrônicos no fim de semana, sendo que ele não conseguiu fazer um saque numa agencia bancaria da cidade no ultimo sábado. De acordo com o vereador, muitas pessoas estão reclamando, inclusive por não conseguirem sacar valores para emergências como à compra de remédios. O vereador lamentou que mesmo com as altas taxas cobradas pelos bancos as instituições não estão respeitando o direito dos clientes.

Elson Roberto Ramos (PMDB) colocou-se a disposição dos moradores do bairro São Pedro, presentes na Sessão, para juntos irem ao setor de planejamento do município em busca de informações sobre a definição do trajeto da pavimentação que será feita no bairro. Os recursos na ordem de R$ 500.000,00 são oriundos de emenda parlamentar conquistada pelo vereador Elson junto ao Ministério do Turismo. Elson cobrou ainda a publicação de decreto do Poder Executivo promovendo o atual diretor de obras ao cargo de secretário de infraestrutura com salário superior a sete mil reais. De acordo com o vereador o decreto teve vigência a partir de primeiro de novembro e até o momento não foi dada a devida publicidade através do mural da prefeitura, do portal da transparência ou mesmo do diário oficial. Para o vereador o discurso de economia não está sendo cumprido e a população tem o direito de saber quem exerce os cargos e quanto ganha cada um.

Vanderlei Marcírio (PMDB) explicou que a participação dos moradores do Bairro São Pedro na sessão desta terça-feira foi motivada pela falta de informação sobre o local exato do início e do término da pavimentação que será feita no local. O vereador sugeriu que seja feita uma reunião no bairro com a presença dos técnicos da prefeitura para apresentação do projeto aos moradores e o esclarecimento das dúvidas sobre a abrangência daquela pavimentação. Em relação ao número de secretários em Urussanga, o vereador defendeu a existência de ao menos sete secretarias como forma de descentralização de poderes e maior eficiência na administração pública.

Gilson Casagrande (PP) destacou suas visitas semanais a Postos de Saúde, Creches e escolas do município, onde tem constatado problemas nas estruturas como rachaduras e infiltrações, resultado da falta de fiscalização durante a construção das obras. Para o vereador o problema é sério e deve ser combatido através de fiscalização rigorosa nas futuras obras. Gilson registrou ainda a construção e reforma de mais de vinte pontes no município, a abertura e colocação de areão na estrada no Rancho dos Bugres e na estrada que liga o Bairro da Estação ao Rio Caeté. Gilson finalizou pedindo para que fossem esquecidas as diferenças políticas em prol do desenvolvimento do município.

Odivaldo Bonetti (PP) convidou todos os vereadores para assinatura nesta quarta-feira (06) as 13h30 no salão de atos da prefeitura do contrato com a empresa responsável pelo projeto de engenharia da área industrial. O vereador informou também que no mesmo dia, a partir das 14h00, será discutido o projeto dos Alvarás para que se chegue a um consenso que atenda os interesses do comércio sem prejudicar a arrecadação do município. O vereador informou que muitos bares no município estão com problema para regularização dos alvarás de funcionamento, pois muitos eram registrados por meio do CPF do proprietário e atualmente a Secretaria de Segurança Pública do estado exige o CNPJ do estabelecimento. De acordo com o vereador ele conversou com o Prefeito municipal para que envie uma Lei ao Legislativo concedendo aos proprietários pelo menos um ano de carência para a execução de todos os projetos e normas exigidos para a regularização dos imóveis.

Jair Nandi (PSD) registrou sua solicitação e a cobrança dos moradores do bairro da Estação quanto à necessidade da dragagem do rio que corta aquela comunidade.  Ao comentar o trabalho do vereador em captar recursos na esfera federal ele lamentou a má gestão financeira que vem ocorrendo no país, inclusive com a previsão de gastos de quatorze bilhões com deputados para a aprovação do Projeto da reforma da previdência. Para o vereador  este valor poderia ser investido de forma mais efetiva em muitas obras de infraestrutura necessárias. Jair Nandi explicou que informações da CPI da Previdência comprovam que o sistema de aposentadoria do país possui um superávit, não sendo necessária esta reforma que mexe com os rendimentos principalmente dos que ganham até um salário mínimo.

Marcos Roberto Silveira (PT) destacou sua preocupação com caminhões com sobre carga trafegando na rodovia Marcos Costa no sentido Rio América e que estão danificando a pavimentação. De acordo com o vereador os caminhões circulam, inclusive em ruas do centro da cidade, com sobre carga de até dez toneladas, gerando prejuízos aos cofres públicos, devido aos gastos com operações tapa buracos feitas pela prefeitura. O vereador se comprometeu a ainda esta semana notificar as empresas e a polícia rodoviária estadual solicitando fiscalização e o cumprimento da legislação que regulamenta o transporte de cargas. Em relação à deficiência da telefonia móvel no município, Marcos Roberto Silveira informou que juntamente com o vereador Jair Nandi vem desde janeiro tentando marcar uma reunião com os responsáveis pela Tim em Santa Catarina. Em resposta a empresa enviou nesta semana e-mail garantindo a instalação do sistema 4G em Urussanga para o primeiro trimestre de 2018. Sobre a antena de celular do Rio América o vereador foi informado pela empresa que toda a estação de transmissão de sinal vai ser trocada até o final de 2018 para que haja a ampliação da cobertura.

José Carlos José (PP) não participou da sessão devido ao falecimento, na manhã desta terça-feira (06), de sua mãe a senhora Orci Elea Leopoldo José.

Notícias

ATO Nº 45, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2017. 
ATO Nº 45, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2017. 

INSTITUI E CONSTITUI COMISSÃO ESPECIAL PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO COM O OBJETIVO DE PROVER 1 (UMA) VAGA DO CARGO DE CONTADOR, EM CARÁTER EFETIVO, NO QUADRO PERMANENTE DE PESSOAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE URUSSANGA.