100%

Sessão da Câmara Municipal de Urussanga - 28 de novembro de 2017 - Notas do Plenário:

Sessão da Câmara Municipal de Urussanga - 28 de novembro de 2017 - Notas do Plenário: Sessão 28-11-2017
Marcos Roberto Silveira (PT) informou que faz algumas semanas que vem acompanhando os problemas que afetam o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) no Município. No Rio América, identificou pessoas idosas chegando às quatro horas da manhã na tentativa de conseguir agendar uma consulta. O Vereador lamentou que o problema de agendamento de consultas ocorra em várias outras UBSs em Urussanga. De acordo com o Vereador, o Ministério da Saúde recomenda que sejam atendidos 32 pacientes diariamente em oito horas de trabalho. Hoje são atendidas aproximadamente 16 pessoas por dia, totalizando 80 consultas semanais. Ainda, são atendidas 1.300 pessoas vindas de 10 Bairros na UBS do Rio América, sendo que o Ministério da Saúde orienta que cada Unidade Básica de Saúde faça no mínimo 3.000 atendimentos mensais. Marcos Roberto sugeriu que caso não seja aumentado o número de consultas, seja criada uma nova UBS para atender a demanda na região do Rio América e que se respeite a recomendação do Ministério da Saúde com a ampliação dos atendimentos nas demais Unidades Básicas de Saúde do Município.

Elson Roberto Ramos (PMDB) registrou que o Prefeito Municipal em Assembleia com os funcionários públicos, quando da alteração do regime de contração, comprometeu-se a pagar a partir de outubro o valor de R$ 200,00 mensais como vale alimentação. Segundo o Vereador, a promessa para pagamento ainda não foi cumprida sendo que a Administração Municipal recentemente ofereceu R$ 80,00 mensais. Para o Vereador, esse valor representa um descaso com o funcionalismo público, sendo incapaz de custear de forma mínima a alimentação dos trabalhadores. Elson pediu para que o Poder Público sensibilize-se e cumpra o valor mínimo de R$ 200,00 de vale alimentação solicitado pelos trabalhadores. O Vereador criticou ainda a Lei enviada ao Legislativo pelo Executivo sobre a forma de correção do alvará de localização e funcionamento para a indústria e o comércio em Urussanga. De acordo com o Vereador, a Lei estabelece a base de cálculos para o lançamento e cobrança dos tributos municipais. Dessa forma, o valor do alvará para o período de 2018 seria acrescido do Índice Geral de Preço de Mercado (IGPM) de 2017. O Vereador informou que o Prefeito Municipal havia comprometido-se a diminuir o valor do alvará e isso não vai acontecer caso a Lei em tramitação no Legislativo seja aprovada.

Vanderlei Marcírio (PMDB) afirmou que o turismo seria a solução mais rápida para os problemas econômicos do Município. Para o Vereador, Urussanga conta com atrativos culturais e naturais que não estão sendo aproveitados. O Vereador citou como exemplo o Município de Nova Veneza como destaque no desenvolvimento do setor na região. Vanderlei Marcírio destacou ainda o potencial de exploração da produção de Vinho Goethe, da cultura italiana e da localização. O Vereador disse ainda que Urussanga é uma rota de passagem dos turistas que visitam a Serra do Rio do Rastro, considerada a mais bela estrada do Brasil, e pode criar atrativos para lucrar com estes visitantes. Para o Vereador, a pasta do Turismo deveria ser uma das mais importantes da Administração Municipal em Urussanga.

Gilson Casagrande (PP) criticou a aplicação de multas e a apreensão de produtos feita por órgãos federais em alambiques que produzem cachaça em Urussanga. De acordo com o Vereador, atualmente são em torno de 12 pequenos produtores de cachaça no Município e alguns tiveram o seu produto apreendido e receberam multas de até três mil reais. Gilson lamentou que produtores tradicionais e que produzem pequenas quantidades de cachaça não tenham como seguir as normas exigidas atualmente e acabam sendo penalizados. O Vereador sugeriu que os produtores artesanais procurem a EPAGRI para tentar buscar alternativas para continuarem trabalhando e mantendo a tradição de várias gerações na produção da cachaça.

José Carlos José (PP) agradeceu convite de Ademir Lopes, Presidente do Minerasil Futebol Clube, para almoço de confraternização em comemoração aos 76 anos de história do Clube. O Vereador parabenizou a Secretaria de Obras pelo trabalho de abertura, alargamento, drenagem e colocação de areão da estrada que liga o Bairro da Estação ao Rio Caeté e as obras de manutenção nas estradas do Rio Deserto, Belvedere e Rancho dos Bugres. José Carlos disse ainda que a campanha “Energia Mais Barata Já” está a pleno vapor com 4.912 assinaturas coletadas até o momento. O Vereador informou que foi feita uma reunião com a presença da Deputada Federal Geovania de Sá na Prefeitura Municipal que contou com a sua participação, do Vereador Vanderlei Marcírio, do Presidente do PP Geraldo Fornasa, do Prefeito Gustavo Cancellier, Emerson Jeremias, Odilon Barbosa, Presidente do PSDB e do Ex-Vereador Norzinho para discutir o preço da energia elétrica em Urussanga. O Vereador apresentou ofício à Deputada solicitando análise para incluir em lei federal o direito à compra de energia pelas empresas de pequeno porte ao custo menor como o ofertado para as cooperativas com até 75% de desconto.

Odivaldo Bonetti (PP) comunicou que as informações financeiras do SAMAE estão disponíveis no Portal de Transparência da Prefeitura e nos próximos 30 dias também constarão no próprio site da autarquia. O Vereador classificou como importante a viagem do Prefeito Gustavo Cancellier a Itália e disse que ela pode gerar dividendos ao Município. Informou ainda que representantes da Caixa Econômica estiveram em Urussanga e garantiram os recursos para conclusão das 55 casas populares no Bairro Bom Jesus com contrapartida de R$ 94.000,00 da Prefeitura e a conclusão do sistema de esgoto pelo SAMAE. Anunciou a aquisição de uma nova ambulância para o Município no valor de R$ 170.000,00 por meio de emenda do Deputado Federal Marco Tebaldi (PSDB). Odivaldo registrou ainda o inicio no próximo dia três da programação do “Natal Encantado” em Urussanga.

Jair Nandi (PSD) destacou a conquista do novo caminhão do Corpo de Bombeiros de Urussanga e enalteceu o espírito de equipe e a participação de todos os Vereadores, bem como da Prefeitura Municipal, Fórum de Urussanga, Justiça do Trabalho de Criciúma, COOPERCOCAL, MINAPLST e dos Deputados José Nei Ascari e Ricardo Guidi. O Vereador informou que somente grandes centros urbanos têm equipamento moderno como o que passa a servir Urussanga e região. Jair Nandi registrou ainda contato com o Gerente da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Criciúma Lourival Pizzolo, que garantiu a construção do trevo do Bairro Bom Jesus e a fixação de tachões de segurança na SC-108 na descida da empresa CEUSA no Bairro da Estação.

Todos os Vereadores registraram elogios ao Diretor de Esportes do Município Thiago Mutini pelo sucesso na realização do Campeonato Municipal de Futsal encerrado no último sábado, no Ginásio Centenário.

O Vereador João Batista Bom (PDT) não participou da sessão devido à viagem a Florianópolis para tratar de assuntos de interesse do Município.

Notícias

ATO Nº 45, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2017. 
ATO Nº 45, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2017. 

INSTITUI E CONSTITUI COMISSÃO ESPECIAL PARA REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO COM O OBJETIVO DE PROVER 1 (UMA) VAGA DO CARGO DE CONTADOR, EM CARÁTER EFETIVO, NO QUADRO PERMANENTE DE PESSOAL DA CÂMARA MUNICIPAL DE URUSSANGA.